December 25th, 2013

Coz pretending everything is alright ?

You’ve got the words to change a nation,

You’ve spent a lifetime stuck in silence

Afraid you’ll say something wrong ?

There’s no need to be ashamed

You’ve got a heart as loud as lions

So why let your voice be tamed ?

There’s no need to be ashamed

You’ve got the light to fight the shadows

So stop hiding it away

There’s no need to be ashamed

If the truth has been forbidden

Then we’re breaking all the rules.

Nothing to hide, stifle and smother.

João Batista Barbosa Junior

I can’t let you go

I can’t let you go, because

I still feel your touch in my dreams

Without you it’s hard to survive.

I can’t let you go, because

Everytime we kiss,I swear I can flyI need you by my side

I can’t let you go,because

Your arms are my castle, you heart is my sky

I want you in my life

I can’t let you go,because

I need you by my side

I can’t let you go, because

Everytime we kiss I swear I can fly

I can’t let you go, because

I still love you…                                                                      

  By: João Batista Barbosa Junior

October 6th, 2012

Eraldo Kuhl

….Era L do,
um ser H umano que ama seus semelhantes,
……….U nico,cuja em nossa espécie não há outro,
……….K uhl.

……….O bra-prima, criada por deus a melhor e a mais perfeita
….que D ança, pinta, colore,da vida ao mundo com seu corpo e
… com L iberdade, não se prende a convenções da sociedade és
….um  A rtista nato que ama deitar no tapete e ficar escutando

 ….sua R espiração. Um amigo que causa oscilações de felicidades                        

.com s E u encanto.

                                            Enfim, um ser humano maRavilhoso que  permite-me Acreditar na de ideia de que a amizade é um amor que nunca morre, e que para estar junto não é preciso estar perto,

e sim do Lado de Dentro do peitO.

   

                                                                         
January 8th, 2012

Uma Carta ao individuo do futuro

Olá querido leitor, venho através desta apresenta-lhe uma pequena parcela de minha sociedade no ano de 2012… Não tenho aqui nenhum intuito de fazer criticas, mudanças de personalidades ou de pensamento e sim um pequeno levantamento de tipos e variações de pessoas as quais você não conhece. Enfim a vida aqui é o que denominamos como “Maravilha”… Há fome, há crianças nas ruas, há desigualdade social, há corrupção, há descriminação, há preconceito, há a violência física, mas o termo “Maravilha” não se foi dado por estas constatações e sim é pelo que se é considerado mais importante e necessário como: futebol samba, carnaval, big brother Brasil, grifes, cirurgias plásticas, comodismo, políticos desonestos, artistas considerados com vagabundos… Começamos agora, as apresentações dos indivíduos desta sociedade:

Há pessoas que parecem que só nos valorizam quando estão com problemas e precisam de palavras amigas…

Há pessoas que acham que sua vida é pior de todas, só que se pararem e olharem para o lado verão que enquanto comem banana há quem está comendo a casca da banana, e se olharem mais a fundo verão que tem pessoas que nem à casca tem para comer…

Há pessoas que gostamos muito… Só que para conseguirmos conversar com elas temos que nos humilhar e conseguir um mínimo de atenção, sendo que no fundo a verdadeira intenção é só de querermos saber como ela esta.

Há pessoas que valorizam o “SOU” e se esquecem do pequeno “SER”

Há pessoas que se dizem amigas, sem ao menos entender o sentido da palavra “AMIZADE”

Há pessoas que se esquecem que a vida aqui é somente uma passagem e não se pode carregar coisas de marcas ou algo do gênero.

Há pessoas que amam, me julgar sem me conhecer… Alias você me conhecer de verdade?

Há pessoas: invejosas, companheiras, amigas, fortes, fracas, gentis, humildes,

Solidárias, preguiçosas, batalhadoras, internautas, loucas, psicopatas…

Há pessoas que me dizem que estou estranho, mas talvez não seja eu que esteja estranho e sim suas atitudes que tem me feito ficar estranho.

Há pessoas tem o hábito de criar mascaras para viver em nossa sociedade.

Há pessoas que nos irritam pelo seu modo de ser…

Há pessoas e pessoas, há pessoas como você, como sua mãe ou como seu pai.

Aliás, há também pessoas como eu, que acreditam que para “avançar” e “crescer” se é necessário um “parar” para a reflexão. Sendo assim, dedico os próximos pequenos segundos a este exercício de “REFLETIR” que não significa somente revelar ou mostrar imagens e sim fazer retroceder, pensar com seriedade e meditar. Sem mais, despeço-me. 

December 30th, 2011

Feliz Ano Novo

Obrigado aos meus queridos amigos,que disponibilizaram um pequena parcela de seu tempo comigo durante este longo ano de 2011,assim partilhamos descobertas,desafios e conquistas.Dividimos medo,incertezas ,segredos e insegurança.Mas somamos entusiasmos ,força e alegrias…Ao lado de vocês as noites não dormidas e os dias de extremo cansaço foram mais felizes… Não tenho grandes expectativas e nem sonhos para este novo ano, alias tenho somente um pequeno pedido a vocês: - Não deixem que a vida passe em branco e que pequenas adversidades sejam a causam de grandes tempestades… Enfim, é isso mais uma vez um muito obrigado e que fé de deus nos faça eternos amigos… Amo-os!

December 18th, 2011

Um Lugar Chamado Paraiso

Só gostaria de estar naquele lugar onde eu posso ser eu, ou seja, um lugar onde as pessoas vivam sem a utilização de mascaras,sem julgamentos,sem descriminações…um lugar em que eu possa defender minhas opiniões e possa dizer não, um lugar em que possa-se dormir com as janelas abertas para deixar a sorte entrar, um lugar em que pessoas possam fumar ou beber sem ter que prestar contas, um lugar sem dor e sofrimento , um lugar em que se prevaleça o “SER” e não o “SOU”… É só gostaria de estar naquele lugar,ah aquele lugar cujo acredito que a melhor denominação seria PARAÍSO…
          João Batista Barbosa Junior
December 15th, 2011

Na janela de Deschermayer

Sob na janela, bota a cara no mundo e mostra do que é você é capaz…

Sob na janela, bota a cara no mundo e grita pedindo a sua paz…

Sob na janela, bota a cara no mundo e veja o que nossa sociedade faz…

Sob na janela, bota a cara no mundo, bota a cara no mundo e bota a cara no mundo…

Subir na janela não significa somente transportar-se ou elevar-se a lugar mais alto.

Subir na janela é possibilidade que a vida te da para liberta-se, livrar-se ou isenta-se.

Subir na janela ou estar sobre a mesma, é presenciar momentos inexplicáveis.

Subir na janela ou estar sobre a mesma, é entregar-se a devaneios.

Subir na janela ao lado de amigos é ter a certeza que o mundo necessita cada vez mais, de palavras para descrever tamanhas sensações de felicidade.

Enfim, subir na janela com a senhorita Deschermayer é entender o sentido de: felicitações, congratulações, regozijo, amizade e coragem…

                                                                     João Batista Barbosa Junior

November 23rd, 2011

Solidão

"Centenas de coisas podem ser ditas sobre estar sozinho, o que dizer de “Solidão”? Nenhuma palavra pode explicar uma vida nem mil imagens. E, no entanto, incontáveis coisas podem ser ditas, o que nos obriga a voltar de forma diferente á questão: O que é Solidão? Em seu crescimento como individuo, o ser humano começa um processo de separação ainda no nascimento, a partir do qual continua a ter uma independência crescente até a idade adulta. Desta forma, sentir-se sozinho pode ser uma emoção saudável e, de fato, a escolha de ficar sozinho durante um período de solitude pode ser enriquecedora. A solidão não requer a falta de outras pessoas e geralmente é sentida mesmo em lugares densamente ocupados. Pode ser descrita como falta de identificação, compreensão ou compaixão, ou seja, manifesta-se em sentimentos de abandono, rejeição, depressão, insegurança, ansiedade, falta de esperança, inutilidade, insignificância e ressentimento. Conclui-se então que cada ser humano vem sozinho ao mundo, atravessa a vida e morre finalmente sozinho.”

                                                                    João Batista Barbosa Junior

November 18th, 2011

Te Ver

É presenciar um filme rapidamente  em minha mente,

É sentir meu coração bater,

É perceber o ciclo da minha respiração,

É padecer no silêncio e ter medo falar coisas erradas,

É notar cada detalhe de sua face,

É dar-se conta de suas variações vocais,

É o esquecer do amanhã e certeza de querer ficar no agora,

É sonhar sem ter  medo de acordar,

É acreditar na existência da felicidade,

É viajar  ao infinito,

É ter a sensação que estou seguro,

É atentar-me que estou feliz,

É ter vontade de exclamar ao mundo um  : “- EU  TE AMO”,

Enfim, te ver é a acreditar na significação da palavra amor e ter confirmação de que, ESTOU APAIXONADO.

                                                                    João Batista Barbosa Junior